terça-feira, 7 de abril de 2009

Síndrome do Banheirão


Eu estive analisando o povo do banheirão. Sim, a coisa esta virando algo que chega a ser extravagante. Já tem comunidades no Orkut, e os banheiros já estão tão visados, que em alguns shoppings de minha cidade há placas avisando sobre o risco de ser preso por atentado ao pudor.

Há anos atrás, era uma freqüência maior de pessoas de altas idades, hoje você encontra se esgueirando pelos cantos com a ferramenta na mão, todo tipo de idade, cor ou religião. Virou um fenômeno da nova geração.

Sério, não estou sendo puritano ou hiper conservador, mas esta ficando difícil. Não há um banheiro que a gente entre, que não vê alguma pessoa se esgueirando, ou mostrando o penis com a maior cara de pau.

Não que eu tenha algo contra ver penis, mas eu queria pelo menos escolher qual penis que eu quero ver. E não por que sou gay, que também vou querer me embrenhar ou apalpar qualquer pinto que apareça pela frente.

Eu estava estes dias, com um primo meu. Estávamos sentados tomando um refrigerante em uma barraca de praia, enquanto admirávamos o banheiro, era um entre e sai, que apelidamos o tal de dark room, a coisa estava tão feia, que até fiquei com medo de ir fazer urinar.

E tem vários tipos, tem aqueles que são gays e acham que fazendo apenas banheirão, mantem sua fama de hetero. Teve um dia desses que levei um susto, entrei no banheiro da praia, e estava lá um cara que havia estudado o colegial comigo. Ele estava se engalfanhando com outro cara.

Na época da escola, quando ele era vice-presidente de uma associação de alunos, ele vivia contando sobre as noitadas, sobre os sexos em outros estados em convenção, das varias mulheres que ele catava, e eu não duvidava, pois ele era bonito. E la estava ele, com a mão no pau de outro cara. Não sei se fiquei achando ruim de ele ter fingido que era hetero, ou por que estava lá fazendo banheirão. Sério.

Como eu sempre preso por aqui, a imagem homossexual. Pois para mim já é uma situação constrangedora, imagina um hetero entrando no banheiro e vivenciar uma cena dessas. Junta mais esta imagem para a comunidade homossexual.

Fetiche, desespero, tesão ao limite, sexo em perigo, não sei o que leva estas pessoas há fazer isto. Mas só peço para pararem um pouco e pensarem: o que vai levar isto?

Ass.: R

3 comentários:

Leandro disse...

Concordo completamente e tenho que confesar que tenho ojeriza a enrustido como este seu amigo que deduzo que ele no tempo de escola debochada dele mesmo falando mau dos homossexuais.
Quando fui passar uns tempo em Niteroi fiz amizada com um rapaz tbm homo ele eh muito legal. Pois bem nesta cidade tem um shopping popular chamado Bay Market o mesmo foi reclassificado como Gay Market pq lá o banheirao so falta gemer @_@ aff q nojo! Imahina tu entrando e vendo ereção por todos os lados kkkkkk eu acho nojento e totalmente falta de educação eu nao quero ver ninguem fazendo sexo sem ter vontade. Por isso fim que nao entrei mais no banheiro deste local pq tbm nao voltei mais lá kkkkkkk
Uma coisa que eu tbm nao gosto qnd eu estou num local muito cheiro entao vem aquele abusado q se aproxima como nao quer nada entao espera aglomerar mais ainda de pessoas so depois passa por voce num espaço minusculo e so falta te penetrar se eh que me entende.

Anônimo disse...

Bleh. Gosto de vários dos seus posts. Gosto de KT Tunstall tb. Gosto de Fiona Apple. Mas, sinceramente, não é questão de conservadorismo; é outro o ismo, o que começa com egocentr. Porque sejamos francos, meu amigo: já não há rótulos demais por aí? O problema dos gays está neles mesmos ou na sociedade? Deixe cada um com seu prazer. Não precisa ser o mesmo teu. Nem o mesmo meu. Precisa somente ser um prazer. Com 5 mulheres e 1 homem, 3 de cada, em público, na praia, no rio. Ninguém fala que todo hetero é depravado por causa da Cicarelli. O mundo gira. As pessoas vivem. Deixemos cada um no seu cada qual. A vida está para ser vivida, e não para decidirmos como os outros - que sequer conhecemos - devem viver.

lugar ao sol disse...

Nossa, realmente essa coisa do banheirão é algo nojento, falei sobre o assunto em meu blog, também, dá uma lida, té mais.

http://nossolugaraosol.blogspot.com/2010/02/onde-inocencia-se-acaba.html

Leia também:

Related Posts with Thumbnails