quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Um Casal em Sampa – Parte 2 – Primeiro Mês


Pois é, se passaram um mês de casado em nova casa. Infelizmente, fizemos muitos contatos, mas ainda não apareceram os empregos novos, mas pelo que vimos, isto será só questão de tempo.

Felizmente, após quase três semanas dormindo no chão em colchões improvisados, a cama enfim entrou no apartamento. Para quem não sabe, resumindo: a cama era grande demais para subir pelas escadas ou por elevador, então surgiu uma única alternativa, subir pelo fosso do elevador.

Os pobres da companhia de manutenção de elevadores sofreram para trazer a dita cuja até o quarto andar. Tanto que demos uma gorjeta gorda, pois foi muito suor e graxa para todo que é lado.

Com a cama no quarto, a coisa ficou mais habitável, não que o quarto não era habitável (pelo contrário, o apartamento do meu primo é extremamente aconchegante), mas um quarto sem cama acaba perdendo sua característica. E foi muito boa a primeira noite.

Teremos que nos acostumar a algumas coisas, não sei por sermos ainda um casal novo, mas na cama a coisa se transforma com apenas um toque, encostou um no outro, e pronto. O problema que o negócio esta virando quase diário... não que isto seja realmente um problema. :D

Mas, a vida de casado esta sendo bem agradável, temos que apoiar um ao outro, pois ambos tomamos algumas medidas difíceis, e até meio drásticas para poder ficar juntos e atravessar esta nova fase de casado. E se acostumarmos com certas peculiaridades e manias que cada um tem. Mas, isto só acrescenta, apesar de eu achar o L. muuuuito bagunceiro.

No resumo da ópera, as coisas estão indo melhores do que eu imaginava (pois, tenho sempre a péssima mania de pensar no pior). Só falta o emprego e termos realmente uma vida mais ativa, pois com dinheiro, São Paulo ficará pequena demais para nós dois.

Fiquem ligados, que em breve tem mais.

Ass.: R

3 comentários:

Paula disse...

Morar em apartamento e ainda mais em SP, requer que você seja minimalista, nada de exageros, nada de pensar grande, tudo pequeno, que seja fácil para entrar e sair. Me mudei de apartamento em fevereiro e passar por mudança de casa é uma experiência traumática, muito trabalho, muita grana que se vai... Mas, é isso, parabéns pela nova vida, com calma as coisas se ajeitam.

Beijo =)

Gabriel disse...

"encostou um no outro, e pronto. " ri MUITO !

E! disse...

E esse é só o primeiro mês!

:D

Leia também:

Related Posts with Thumbnails